terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Os benefícios do BOLDO

"Problemas de fígado? Tome um chá de boldo-de-chile que é tiro e queda!". A receita é famosa, mas segundo o prof. Marcos Roberto Furlan, Mestre em horticultura e especialista em plantas medicinais, várias pessoas acreditam erroneamente que têm no quintal o boldo-do-chile (Peumus boldus), entretanto, essa planta é raríssima no Brasil. O que acontece é que em nosso país outras plantas também são chamadas de boldo, principalmente o boldo-da-terra (Coleus barbatus ou Plectranthus barbatus) e o boldo-baiano(Vernonia condensata). Menos comuns são o boldo-português (ou boldo-miúdo) e o boldo chinês.
Bem, mas há uma explicação para a importância em saber qual é o boldo que se tem no quintal. É que como explica Mestre Furlan, o boldo-do-chile e o boldo-da-terra (o mais facilmente encontrado nos quintais) apresentam efeitos colaterais e diferenças nas indicações. Então vamos observar as características de cada um dos mais conhecidos, para acabar de vez com as confusões:


Boldo-do-chile (Peumus boldus)
Planta originária do Chile, é considerada uma árvore, pois quando adulta atinge de 12 a 15 metros de altura. Apresenta propriedades estomáquicas, diuréticas e hepáticas. Efeitos colaterais: pode ser abortivo e provocar hemorragias internas. Deve ser usado com cautela. No Brasil, é possível encontrar o boldo-do-chile (produto importado) em farmácias.



Boldo-da-terra (Coleus barbatus ou Plectranthus barbatus)
Arbusto originário da África, atinge de 1 a 2 metros de altura, apresenta folhas aveludadas e produz flores azuladas. Indicado como analgésico, estimulante da digestão e combate azias. Efeitos colaterais: quando usado por longos períodos, pode causar irritação gástrica.



Boldo-baiano (Vernonia condensata)
Arbusto também originário da África, chega a alcançar de 2 a 5 metros de altura e pode se quebrar facilmente com o vento. Apresenta efeito carminativo e alivia os sintomas de úlceras e gastrite.Efeitos colaterais: ainda não foram verificados.



Aquele do quintal

Desta vez, vamos tratar do cultivo daquele boldo mais comum, provavelmente aquele que a maioria tem no quintal, no vaso ou na jardineira: o Boldo-da-terra (Coleus barbatus ou Plectranthus barbatus), também conhecido como falso boldo, boldo africano, boldo-do-reino e malva-santa. Pertencente à família das Labiadas, é uma planta herbácea perene que apresenta folhas pilosas, isto é, coberta de pequenos pêlos que dão uma aspecto aveludado. As flores pequenas nascem em espigas, na ponta dos ramos, em tons que vão do azul ao violeta.


Cultivo: O boldo-da-terra pode ser cultivo em todas as regiões do Brasil e é muito resistente, sendo sensível apenas às geadas. Propaga-se por meio de estacas retiradas da planta-matriz, sendo recomendável manter um espaçamento de 1 metro entre as mudas. Para o cultivo em vasos ou jardineiras, é preciso garantir pelo menos 30 cm de profundidade. Desenvolve-se melhor a pleno sol, em locais sombreados a produção é menor. Como as folhas são as partes utilizadas com finalidades medicinais, o ideal é fazer a poda das inflorescências (pendões florais), um pouco antes da colheita, para obter uma planta volumosa.



Colheita: Cerca de seis meses após o plantio já é possível fazer a colheita das folhas.



Uso: O chá, que geralmente é maceração* das folhas, é um tônico amargo que facilita o trabalho da vesícula biliar, estimulando a secreção da bílis e favorecendo a digestão de gorduras. É indicado no combates às dores estomacais, males do fígado, diarréia e desconforto causado por gases intestinais. Porém, como foi citado acima, deve ser usado com cautela pois, em excesso, pode provocar irritação gástrica. É preciso ter cuidado para não confundir o boldo com algumas plantas ornamentais, que são aparentemente semelhantes.



Receitas:
Essas duas receitas foram divulgadas pelo Prof. Sylvio Panizza, no Programa Dia-a-Dia da TV Bandeirantes:
Tônico para o fígado com boldo e carqueja
Coloque para ferver 1 xícara (chá) de água filtrada, 1 colher (sobremesa) de boldo e 1 colher (sobremesa) de carqueja. Desligue o fogo e abafe durante 10 minutos e coe. Não tomar mais de 3 xícaras por dia.
Infuso hepático
Ferva 1 xícara (chá) de água filtrada e desligue o fogo. Coloque imediatamente 1 colher (sobremesa) de boldo, 1 colher (sobremesa) de losna e 1 colher (sobremesa) de menta. Abafe por 10 minutos e coe. Ideal é consumir 1 xícara antes das principais refeições, para tratar males do fígado e vesícula.

* A maceração das folhas obtém-se, espremendo as folhas com um socador de madeira (ou vidro) e adicionando-se apenas um pouco de água fria filtrada. O resultado é um suco altamente concentrado, que deve ser ingerido com cautela pois apresenta os componentes químicos do boldo-da-terra (óleo essencial, flavonóides e saponinas) em grande quantidade.

17 comentários:

  1. boldo e bom para prissâo de ventre?

    ResponderExcluir
  2. Para prisão de ventre eu recomendo você usar ração humana.

    ResponderExcluir
  3. Por que "Que Bosta !" ?
    Caso não tenha gostado do blog, faça críticas construtivas para que eu possa melhorá-lo. Apenas xingar não resolve nada. Se não gostou e não tem o que recomendar, apenas não visite mais.

    ResponderExcluir
  4. Thamiris Stefani gostei do seu trabalho. Otimo informativo. Parabens!

    "Brunno Wallace"

    ResponderExcluir
  5. Boldo é bom para pressão alta

    ResponderExcluir
  6. vc e uma gata thamiris stefani!!qual teu email?ou face book!?

    ResponderExcluir
  7. Interessante, uso "Aquele do quintal" de vez em quando, não sabia de tantas variedades!Obrigado pelas informações.

    ResponderExcluir
  8. Thamiris, bem haja pela informação bem elaborada e esclarecedora. Na verdadsde muita gente considera que planta é algo inofensivo e sempre fala apenas em seus benefícios. É importante saber que as plantas devem ser tomadas com regra ou nem tomar dependendo da pessoa e seus problemas de saúde. Aqui você não só informa os benefícios mas também cuidados e contra-indicações. Gostei!

    ResponderExcluir
  9. Boldo e otimo, remedio dos Deuses! Mas prefiro bater as folhas com um pouco de leite ou agua, mas facil de conseguir beber, tenho gastrite e as vezes ataca se eu nao tomar nao para de doer e quem tem gastrite sabe como a dor e insuportavel.

    ResponderExcluir
  10. Qualquer chá é bom para inchaço, pois estimula a eliminação de líquidos.

    ResponderExcluir

Pessoas, deixem seus comentários, dúvidas ou sugestões abaixo.