quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ACUPUNTURA


BENEFÍCIOS DA ACUPUNTURA
           Por equilibrar energeticamente a pessoa como um todo, a acupuntura traz inúmeros benefícios ao corpo, alguns já conhecidos, como por exemplo, aliviar tensões, dores, ansiedade, etc. Outros benefícios igualmente importantes ainda não são conhecidos por boa parte da população, como por exemplo: tratamento de doenças físicas, como paralisia facial, tratamento de doenças psicológicas, como depressão, síndrome do pânico; utiliza-se também com sucesso para auxiliar problemas como insônia, intestino preso, pressão alta, asma, enxaquecas, etc. Recentemente é muito utilizada a acupuntura estética para reduzir a fome, tratar gordura localizada, estrias, celulites, etc.
Hoje a acupuntura moderna conta também com aparelhos (eletroestimuladores, laser, Hai-Huá...), sementes, moxa, ventosas e magnetos, o que possibilita a prática da acupuntura também sem agulhas.

ORIGEM DA ACUPUNTURA

A acupuntura faz parte da medicina tradicional chinesa, que teve origem na China há milhares de anos, sendo aperfeiçoada ao longo dos tempos. A acupuntura começou a ser conhecida na Europa por volta do século XVII, introduzida pelos jesuítas e viajantes que vinham do Oriente. Nos Estados Unidos, a acupuntura começou a ser praticada somente após a década de 70, sendo praticada no Brasil também recentemente.


MECANISMO DE AÇÃO DA ACUPUNTURA SISTÊMICA
A acupuntura é um antigo método terapêutico que se baseia na estimulação de pontos do corpo a fim de restaurar e manter a saúde. Durante milênios acreditou-se que o mecanismo de ação da acupuntura fosse puramente energético, mas nas últimas décadas evidenciou-se a relação entre os efeitos da acupuntura e o sistema nervoso central e periférico, bem como vários tipos de hormônios (neurotransmissores).

MECANISMO DE AÇÃO DA ACUPUNTURA AURICULAR
  A acupuntura auricular baseia-se em estimulação de pontos na orelha, e sua ação é explicada pela ação reflexa através de 4 pares de nervos distribuídos pelo rosto e orelha (nervo aurículo-temporal, nervo pneumogástrico, nervo tronco-cerebral e nervo auditivo). Quando se insere uma agulha ou semente ou magneto, o estímulo é levado por um desses nervos até o córtex cerebral, atingindo a formação reticular e desde, por somatotopia, até o órgão representado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoas, deixem seus comentários, dúvidas ou sugestões abaixo.